Menu

André Borges/Ag. Brasília

Rollemberg: todos os servidores do GDF receberão integralmente no quinto dia útil

 

O governo do Distrito Federal desistiu de parcelar o pagamento do salário a ser pago em setembro a mais de 44 mil servidores que recebem acima de R$ 7,5 mil líquidos. O anúncio foi feito na desta sexta-feira (25) pelo governador Rodrigo Rollemberg.

“Isso foi possível porque a União depositou, às 20h02 de hoje, R$ 265 milhões do Fundo Constitucional, retidos irregularmente desde setembro do ano passado”, disse o governador em vídeo divulgado por sua assessoria. Com isso, todos os servidores, independentemente da faixa salarial, vão receber integralmente sua remuneração no quinto dia útil de setembro.

Veja o vídeo:

Rollemberg advertiu, no entanto, que a transferência feita pelo governo federal não garante o pagamento da folha até o fim do ano, o que mantém o fantasma do parcelamento salarial. “Continua sendo indispensável a aprovação, pela Câmara Legislativa do Distrito Federal, do projeto de lei complementar que altera o sistema previdenciário dos servidores públicos e que vão equilibrá-lo, bem como as contas públicas”, acrescentou.

Na última terça, ao anunciar a intenção de parcelar o salário dos servidores mais bem remunerados, Rollemberg admitiu que o governo tem retido pagamentos de prestadores de serviço todo dia 25 na tentativa de cobrir a folha. Mas essa situação, de acordo com ele, tem se agravado com o acúmulo das dívidas do GDF.

“Até o quinto dia útil, se não conseguirmos recursos novos, teremos que parcelar salários. Nossa preocupação é não pegar o servidor público de surpresa”, explicou o governador na ocasião. O governo do Distrito Federal cobra o repasse de mais de R$ 790 milhões referentes a contribuições previdenciárias de servidores da segurança pública.

Veja a íntegra da nota divulgada pelo governo nesta sexta:

“O governador Rodrigo Rollemberg determinou que a Secretaria de Fazenda pague o salário integral dos servidores públicos do Distrito Federal no quinto dia útil do próximo mês, em função da entrada de recursos da União.

A Secretaria do Tesouro Nacional depositou no início da noite de hoje os recursos retidos indevidamente da contribuição previdenciária da segurança desde setembro do ano passado.

O montante depositado é de R$ 265 milhões, o que garante o pagamento integral dos salários de todos os servidores do Governo do Distrito federal no corrente mês.


A decisão do governador Rodrigo Rollemberg é a reafirmação do seu compromisso com o servidor público distrital, embora estes recursos da União não garantam o pagamento integral dos próximos meses até o final do ano.


Continua sendo indispensável a aprovação, pela Câmara Legislativa do Distrito Federal, do Projeto de Lei Complementar que altera o sistema previdenciário dos servidores públicos e que vão equilibrá-lo, bem como as contas públicas.


Sua aprovação é que garantirá o fluxo regular e permanente de recursos para a previdência pública distrital, assegurando sua sustentabilidade estrutural a médio e longo prazos.


Trará, ainda, maior tranquilidade aos servidores, a garantia do pagamento dos salários em dia, assim como de fornecedores e terceirizados e permitirá a recuperação econômica do Distrito Federal e a geração de emprego e renda.


Governo de Brasília”

<< Rollemberg anuncia parcelamento de salários de servidores do Distrito Federal

Continuar lendo

20/11/2017 17:04
20/11/2017 17:04
20/11/2017 16:02
20/11/2017 14:07
Voltar ao topo