Menu

Mais que números: sofrimento

por Dr. Rosinha Publicado em 19/04/2017 07:30

Neste in​í​cio de 2017​,​ a Oxfam publicou relatório ​segundo o qual os oito homens mais ricos do mundo controlam a mesma riqueza que a metade mais pobre da população do mundo. Estes oito homens (mais ricos), liderados por Bill Gates, da Microsoft, acumulam ​​U​S​$ 426 bilhões, o equivalente à riqueza de 3​,​6 bilhões de pessoas. A população do mundo é de cerca de 7,5 bilhões.

Segundo a Oxfam​,​ os 50% mais pobres do mundo detêm os mesmos bens (patrimônio e capital) que os ​US​$​ ​426 bilhões detidos pelo grupo dos oito.

Esta acumulação se deve ​à agressiva contenção de salários, evasão fiscal, sonegação, carga tributária injusta, superexploração (terceirização) do trabalho, etc.

A Oxfan tem feito anualmente um relatório sobre a distribuição da riqueza no mundo. O relatório de 2016 mostrava que os 62 bilionários eram mais ricos que metade da população mundial​. Agora​,​ este número caiu para oito. São os ricos disputando entre si e​,​ mais do que isso, juntos devorando os trabalhadores e trabalhadoras do mundo.

O Fórum Econômico Mundial, ou Fórum de Davos, procura negar o relatório da Oxfan, mas sua própria conclusão demonstra que a renda média mundial caiu em torno de 2​,​4% entre 2008 e 2013 em 26 nações avançadas. Seus estudos também mostram que 51% dos 103 países com dados disponíveis viram seu ​indicador de desenvolvimento inclusivo cair nos últimos cinco anos.

Analisando a lista dos ricos da revista Forbes e os dados fornecidos pelo banco de investimento Credit Suisse, a Oxfam conclui que a grande maioria das pessoas da metade pobre da população mundial trava lutas diárias para sobreviver​,​ e​ que 70% dessas pessoas vivem em países de baixa renda.

Marcello Casal/Agência Brasil

Enquanto uns nadam em dinheiro, outros quase nada têm, lamenta Dr. Rosinha

No Brasil não é diferente​.​ ​Os seis homens mais ricos ​do país ​concentram a mesma riqueza que toda a metade mais pobre da população​ brasileira​, ou seja, mais de 100 milhões de brasileiros. Entre os seis mais ricos est​á​ João Roberto Marinho, da Rede Globo.

O homem mais rico do Brasil é Jorge Paulo Lemann, sócio da Ambev, que ganha quase 500 mil reais por hora. Este senhor, junto com João Roberto Marinho​,​ apoiou e construiu o golpe contra Dilma e o PT.

Ainda olhando para o Brasil​,​ v​e​mos que os três maiores bancos do país​ (​Itaú, Bradesco e Santander​)​, todos privados, lucraram em 2016 mais de 45,5 bilhões de reais. Em contrapartida, mais de 13,5 milhões de pessoas não tem emprego e a fome ronda suas casas.

Importante registrar que no Brasil não há tributação dos ricos e que os acionistas destes bancos não pagam imposto de renda. Os lucros de bancos são distribuídos como dividendos e os dividendos foram excluídos, no governo de Fernando Henrique Cardos​o (PSDB​)​, d​o pagamento de​ imposto de renda.

Antes que ​alguém ​acuse ou pergunte por que o PT​,​ no seu governo​,​ não começou a cobrar os impostos sobre os dividendos, respondo: simplesmente porque não conseguiu maioria no Congresso Nacional para mudar o ​que havia sido ​aprovado no governo do PSDB.

Enquanto os bancos enchem suas burras de dinheiro, a Organização Internacional do Trabalho informa que​,​ ​ao final de 2017​,​ de cada três pessoas desempregadas no mundo, uma ​estará no Brasil.

No ​último ​mês de fevereiro, segundo o Relatório Mensal sobre a Política Fiscal do Banco Central do Brasil​,​ foram pagos em juros R$ 30,7 bilhões. Contando o acumulado dos últimos 12 meses, o Brasil pagou, deu ou transferiu, conforme desejar, ao setor financeiro R$ 388 bilhões. Tem sido assim desde a edição do Plano Real​,​ em 1994.

Para aumentar a transferência de recursos públicos diretamente para os cofres do sistema financeiro​, foi aprovado a PEC 241 (no Senado nº 55), que depois de promulgada tornou-se a Emenda Constitucional 95/2016.

Estes números demonstram que ​o capital e o do patrimônio ​estão concentrados​​ cada vez mais nas mãos de poucos. E, no caso do Brasil, ​esse cenário ​vai piorar. Os golpistas estão destruindo a capacidade de investimento, entregando a Petrobras ao capital internacional. A reforma da ​P​revidência e a terceirização aumentam a supere​x​ploração. Quem quiser ter uma velhice com alguma dignidade, que pague previdência privada para algum banco.

Mais sobre crise brasileira

Continuar lendo

20/09/2017 21:37
20/09/2017 21:25
20/09/2017 19:53
20/09/2017 19:15
Voltar ao topo