Menu

José Cruz / Agência Brasil

Ministro diz estar honrado com as palavras dos deputados de seu partido, mas não é pré-candidato para 2018

O ministro da Fazenda Henrique Meirelles negou, em sua conta no Twitter, que é pré-candidato à presidência da República pelo seu partido, o PSD, em 2018. O convite partiu da bancada da sigla em reunião realizada nesta quarta-feira (13). Meirelles usou o Twitter para dizer que ficou honrado com as palavras dos deputados de seu partido, mas que não é pré-candidato para a corrida presidencial do ano que vem.

<< Partidos governistas buscam um presidente para substituir Michel Temer

A reunião com a bancada na Câmara foi realizada na casa do ministro em Brasília. Líder do partido, o deputado Marcos Montes (MG) afirmou que Meirelles preenche os requisitos do mercado e tem crédito por ser o comandante da economia do governo, uma das poucas áreas que têm produzido notícias positivas na gestão Temer. Pelo menos 25 deputados do partido participaram do almoço na casa do ministro. O PSD tem 38 deputados na Câmara.

Informações eram que o ministro teria recebido a proposta com entusiasmo, mas não disse nem sim, nem não. Por hora, Meirelles foi ao Twitter apenas negar a pré-candidatura.

“Estou concentrado em meu trabalho na Fazenda, para colocar o Brasil na rota do crescimento sustentado”, escreveu o ministro, que também se disse honrado com as palavras dos deputados do partido, e que seguirá “debatendo a política econômica com todos os parlamentares”.

<< Mais sobre eleições 2018

Continuar lendo

24/09/2017 13:16
24/09/2017 10:00
24/09/2017 08:30
24/09/2017 07:30
Voltar ao topo