Menu

Reprodução

Joesley Batista, dono da JBS, firmou acordo de delação premiada com o MPF

 

Os empresários Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, firmaram acordo de delação com o Ministério Público Federal no âmbito da Operação Lava Jato. As acusações atingem algumas das principais lideranças políticas do país, como o presidente Michel Temer (PMDB), os ex-presidentes Dilma e Lula (PT), os senadores Aécio Neves (PSDB-MG) e José Serra (PSDB-SP), entre outros. As delações foram homologadas pelo ministro Edson Fachin, responsável pela operação no Supremo Tribunal Federal (STF). A íntegra das delações, que envolvem gravações e depoimentos escritos, estava sob sigilo e foi divulgada nesta sexta-feira (19). Além dos irmãos, outros quatro acionistas também prestaram informações à Justiça.

O Congresso em Foco publica resumo do Ministério Público Federal (MPF) com as pessoas e os valores que, segundo os delatores da JBS, foram beneficiados com propina e outras vantagens indevidas.

Dificuldades em visualizar? Clique AQUI

Continuar lendo

14/12/2017 22:53
14/12/2017 22:13
14/12/2017 19:03
14/12/2017 18:38
Voltar ao topo