Menu

Imagens amplificam o impacto de fatos midiáticos

Numa semana farta de fatos de altíssimo impacto, capazes de fazer inveja a roteiristas de séries como “House of Cards”, duas imagens se destacaram. A imagem do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, ao lado da bomba atômica remete à ideia de um menino olhando para um brinquedo novo. O impressionante é a legenda, informando que o sexto teste nuclear da história do país fora “um perfeito sucesso”. Segundo o governo norte-coreano, a arma testada é uma bomba termonuclear, com potencial destrutivo muito maior que o de bombas atômicas.

No Brasil, a imagem mais impactante é a do apartamento com malas e malas recheadas de dinheiro, um “bunker” no qual o ex-ministro Geddel Vieira Lima, que cumpria prisão domiciliar, guardava dinheiro em espécie. Em dois dias, a PF encontrou impressões digitais nas notas e Geddel teve prisão preventiva decretada nesta sexta-feira (8) de manhã. Nas redes sociais, vídeos e GIFs mostrando funcionárias contando as notas reforçavam o impacto da cena, além da informação de que o total guardado no imóvel é de R$ 51 milhões.

No contexto atual de sociedade conectada em rede, imagens ampliam o efeito da comunicação. A reprodução maciça de fotografias e audiovisuais dá maior intensidade aos fatos. Susan Sontag, uma das mais respeitadas intelectuais americanas, diz que “na maneira moderna de conhecer, é preciso que haja imagens para que algo se torne ‘real’. Fotos identificam eventos. Fotos conferem importância aos eventos e os tornam memoráveis”, escreve em livro de ensaios e prefácios de seus últimos anos de vida, Ao mesmo tempo.

Sontag ensina que “para uma guerra, uma atrocidade, uma pandemia, um assim chamado desastre natural tornar-se objeto de ampla preocupação, é preciso alcançar pessoas por meio de vários sistemas (desde a televisão e a internet até jornais e revistas) que difundem imagens fotográficas aos milhões”.

Assim, a reprodução de imagens e conteúdos audiovisuais de forma massiva (que ocorre em escala ainda maior com as redes sociais), serve para reforçar e influenciar a maneira como as pessoas passam a perceber os fatos. Um dos ditames de comunicação é que “uma imagem vale mais que mil palavras”. Milhares de imagens compartilhadas nas redes e nas mídias valem muito mais.

Smartphone impulsiona crescimento da internet no Brasil

Segundo revelou a pesquisa TIC Domicílios 2016, o crescimento nos domicílios conectados digitalmente no Brasil deve-se ao uso de smartphone. No ano passado, 9,3 milhões de residências dispunham de conexão móvel. Em 2012, eram 5 milhões de domicílios. Ao todo, 54% das residências e 61% dos brasileiros com 10 anos ou mais já estão conectados na internet.

Os dados mostram que 43% dos usuários usavam só o celular para acessar a internet, enquanto que em 2014 era somente 20%. A pesquisa revelou que os usuários principalmente mobile são os mais jovens, mais rurais e mais pobres. O uso misto se concentra entre os mais ricos, mais urbanos e mais velhos.

Whatsapp terá versão para empresas

O WhatsApp anunciou que está testando uma versão do aplicativo para empresas. A edição ainda não tem nome oficial, mas por enquanto está sendo chamada de “WhatsApp Business for small businesses and enterprise solution” (WhatsApp Negócios para pequenos negócios e soluções empresariais, em tradução livre). O lançamento para todos deve acontecer nos próximos meses.

Continuar lendo

23/11/2017 21:40
23/11/2017 20:44
 
23/11/2017 18:40
23/11/2017 18:26
Voltar ao topo