Menu

Campanha do McDonald no dia 8 de março gera polêmica

Causou alvoroço a homenagem que a rede de fast food McDonald fez às mulheres no dia 8 de março – Dia Internacional da Mulher. A campanha consistiu em manter apenas mulheres da equipe trabalhando na data comemorativa.

Na interpretação de inúmeros clientes, o gesto foi um ato de machismo, que colocou a mulherada para ralar em seu dia enquanto os homens folgaram. A intenção, segundo a assessoria do McDonald, era mostrar o quanto a empresa contrata profissionais do sexo feminino. Elas representam metade do total de profissionais no Brasil.

Facebook ajuda mídia tradicional a mergulhar no mundo digital

Com investimento de US$ 3 milhões, a rede social vai oferecer um novo programa para impulsionar o número de assinantes de veículos de comunicação nos Estados Unidos. Entre os serviços oferecidos está também o treinamento de profissionais em marketing digital.

“Nós geralmente falamos com os veículos de imprensa sobre o futuro do jornalismo e eles nos dizem que assinantes digitais são críticos para a sustentabilidade do negócio em longo prazo”, afirmou a chefe de parcerias com imprensa do Facebook, Campbell Brown, em postagem no site oficial.

Estudiosos mostram os danos provocados por fake news

A disseminação das notícias falsas pela internet e redes sociais tem preocupado pesquisadores das mais renomadas universidades e institutos pelos danos que já provou causar. Segundo a Universidade de Oxford, mais da metade do tráfego da internet é feito por robôs – programas que simulam ações humanas repetidas vezes. Eles são capazes de destruir reputações ou mudar o rumo de uma nação.

Outro estudo, do Massachusetts Institute Technology (MIT), mostra que os boatos viralizam muito mais que as notícias verdadeiras. Na forma apelativa como são feitos impulsionam pessoas de verdade a replicarem as notícias distribuídas pelos robôs.

Sete passos para melhor explorar as redes sociais

A Awin, empresa especializada em mídias digitais, preparou uma lista com sete dicas para aproveitar ao máximo o potencial das redes sociais e aumentar os seguidores. O melhor é que isso pode ser feito sem desembolsar nada.

Entre as dicas, está o compartilhamento de vídeos que podem viralizar. Outra sugestão é a utilização da técnica de storytelling em suas postagens. Na lista, vai também um alerta: o canal não pode ser usado apenas como espaço para exibir produtos. É preciso estar conectado com os clientes, tocando temas que os interessem.

Continuar lendo

24/04/2018 08:30
24/04/2018 08:25
24/04/2018 07:42
23/04/2018 21:02
Voltar ao topo